Conta de serviços essenciais: o segredo para nunca mais pagar taxas bancárias

Você já parou para contabilizar quanto dinheiro pagou ao banco apenas para ter “direito” de manter sua conta aberta?

Já pensou no quanto isso é irracional?

Veja pelo seguinte ângulo, ao deixar dinheiro na sua conta bancária você está, na realidade, emprestando dinheiro ao banco, uma vez que o mesmo pode usar esse valor para ceder empréstimos a terceiros ou investí-lo para ganhar juros.

O normal numa situação dessas, em que emprestamos dinheiro, seria receber juros, certo?

Errado! Neste caso ao invés de receber dinheiro, o cliente acaba pagando. Estou falando da infame taxa de manutenção de conta (mensalidade ou anuidade são outros nomes usados).

A grande maioria dos bancos até oferece isenção desta taxa, mas apenas para quem tem grandes valores investidos em produtos do próprio banco (seguros, capitalização, fundos de investimentos com taxas de administração altas etc).

Se você não admite a ideia de jogar seu dinheiro suado fora, preste atenção neste artigo, pois vou te ensinar como fazer para nunca mais ter de pagar taxas bancárias na sua vida, sem que para isso seja necessário investir um centavo em produtos financeiros ruins.

O segredo que os bancos não querem que você saiba

segredo-conta-de-serviços-essencias

Já escrevi um artigo dedicado somente As verdades que os gerentes de banco nunca contam, e essa é mais uma delas.

Experimente chegar em uma agência falando que gostaria de nunca mais ter que pagar taxas em sua conta bancária.

Tirando alguns casos especiais, como convênios dos bancos com empresas públicas e privadas, a chance de receber uma resposta negativa do gerente do banco é gigantesca.

Sei disso porque fui com minha esposa ao banco para alterar a conta dela para a chamada conta de serviços essenciais (guarde esse nome!).

Enquanto minha mulher era atendida pela simpática gerente eu usava o caixa eletrônico e observava a distância o balanço negativo de cabeça da fiel escudeira do banco, afirmando claramente que não podia oferecer esse serviço.

Após ver está cena lamentável eu entrei na conversa e as coisas mudaram de figura…

Fique Atualizado!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente nossas novas publicações!

A resolução 3.518/2007 do Banco Central

A resolução acima, alterada em 2010 pela resolução 3.919/2010, garante que os bancos não só podem como têm a obrigação de oferecer a possibilidade de troca das nossas contas caras por contas gratuitas, a já citada conta de serviço essenciais é uma delas (a outra é a conta digital).

Após ouvir o texto acima, a gerente do banco rapidamente alterou o discurso, afirmando que eu estava certo quanto a resolução, mas que sinceramente não achava que a alteração valia a pena, porque, nas palavras dela:

Você só paga R$ 13,50 ao mês de manutenção de conta”.

Como o argumento esdrúxulo não me convenceu, solicitei a alteração da conta e fui atendido, mas não sem antes receber vários argumentos a favor da manutenção da taxa que roubaria quase R$ 200 por ano do nosso dinheiro.

Lembre-se sempre que o gerente de banco não é a pessoa mais indicada para lhe aconselhar sobre dinheiro. Para saber mais sobre isso lei o artigo abaixo:

4 verdades que o seu gerente de banco jamais lhe diria.

O que a conta de serviços essenciais oferece?

Como o próprio nome já diz a conta de serviços essenciais não disponibiliza nenhum luxo, mas oferece os serviços reconhecidos como indispensáveis a custo zero.

Os serviços oferecidos com periodicidade mensal são:

  • Cartão na função débito;
  • Quatro saques em caixas eletrônicos;
  • Duas transferências de recursos entre contas na própria instituição;
  • Possibilidade de dois extratos;
  • Consultas livres pela internet;
  • Impressão de até 10 folhas de cheque.

Caso seja necessário usar mais do que o oferecido, os bancos têm o direito de cobrar de forma separada pelo que excede o pacote (paguei 1,50 por saque realizado em caixas eletrônicos após os 4 do mês, por exemplo).

Conclusão

Os brasileiros pagam em média R$ 25 de taxa de manutenção de conta por mês, sendo que a grande maioria faz isso por absoluto desconhecimento da resolução que garante a gratuidade para aqueles que quiserem uma conta de serviços essenciais.

Não espere que os bancos ofereçam este tipo de serviço, já que isso significa menos dinheiro no bolso deles.

Exija a mudança e você obrigatoriamente será atendido. Caso contrário, informe o Banco Central para que o mesmo tome as medidas cabíveis para punir quem contrariar a resolução existente.

Caso queira saber mais sobre a conta de serviços essenciais e ainda conhecer outro tipo de conta bancária gratuita, ideal para quem faz tudo pela internet e caixas eletrônicos, assista nosso vídeo abaixo:

Espero que tenha gostado do post.

Abraço e até o próximo!

Fique informado! Cadastre seu email no Você MAIS Rico e receba novidades, artigos e dicas imperdíveis para alcançar a liberdade financeira (grátis)!