Como transformar a crise brasileira em oportunidade

Tempo de leitura: 4 minutos

Pois é caro leitor, por mais que o governo faça esforços para negar, o Brasil está indo de mal a pior.

– Crise hídrica e consequente aumento do preço da água;

– Aumentos na conta de luz da ordem de 30%; e

– Combustíveis com preço cada vez mais alto (gasolina 20% mais cara), embora o barril de petróleo esteja cada dia mais barato.

A situação está difícil para todo mundo, e vendo a foto abaixo só tenho mais certeza do que digo.

crise brasileira
Nome censurado para proteção da identidade do advogado/dançarino

Agora gostaria que você pensasse por alguns segundos em algum produto que possa ser produzido sem uso de água e energia, e que ainda possa ser transportado sem uso de combustível… Pensou?

Se você encontrou algum produto, ótimo! Talvez o mesmo não seja afetado pelo aumento dos preços acima. Mas todos os outros produtos sofrerão correção nos preços, e não se engane, quem vai pagar essa conta é você.

Essa foi a notícia ruim, agora vamos a boa…

Fique Atualizado!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente nossas novas publicações!

Aumento nos juros da economia

Sabe aquele seu amigo otimista que sempre diz que devemos enxergar o copo meio cheio ao invés de meio vazio?

Ele está certo. Toda crise, por pior que seja, traz consigo boas oportunidades.

Numa tentativa de conter a subida da inflação, o governo decidiu aumentar a taxa Selic, a taxa que serve de parâmetro para todos os investimentos, financiamentos e operações que envolvem pagamento de juros.

Encarecendo o crédito e pagando juros mais altos a quem investe, a tendência é que o brasileiro economize mais e gaste menos. Com menos dinheiro girando na economia, fica mais fácil controlar a inflação.

Atualmente a taxa Selic está na casa dos 13% ao ano, e subindo.

Isso nos coloca no top 10 dos países com as maiores taxas de juros do mundo, junto com potências como Nigéria (13%), Mongólia (11,5%) e Gana (21%).

Agora vamos à parte que interessa para você.

Enquanto quem necessita de dinheiro emprestado está penando, você que acompanha o Você MAI$ Rico e aprendeu a poupar e investir agora tem uma oportunidade de ouro nas mãos.

Sabe em quais locais do mundo é possível investir com alta margem de segurança e ainda ganhar 13% ao ano sem ter trabalho?

Eu não sei de nenhum outro local que não seja o Brasil (a não ser que você confiei nos instáveis países africanos).

Nós somos o último filé com fritas do mercado!

Enquanto a alguns anos eu ralava para conseguir ganhar meus 10 a 15% ao ano com bolsa de valores, hoje posso relaxar e investir meu dinheiro em Tesouro Direto e Letras de Crédito com a certeza de um alto rendimento, e isso tudo com o país em crise.

Mas Bruno, não corremos o risco de ver nosso dinheiro congelado igual ao ocorrido no governo Collor?

De cada 10 emails que recebo dos leitores através de nossa página de contatos, 4 fazem alusão a pergunta acima.

Minha resposta sempre é a mesma.

Sinceramente, não vejo esse risco. Quem me conhece sabe que não sou nenhum entusiasta do governo atual, mas duvido que o mesmo daria esse tiro no pé.

Não há nenhum motivo ou condição que justifique tal medida absurda. Se a presidenta está batendo recordes de impopularidade, com certeza uma decisão como essa seria a gota d’água no copo transbordante do PT.

Conclusão

Termino esse artigo deixando o link de outro post que publiquei poucos dias após o termino das eleições e que continua muito atual após 5 meses (quem fez o que falei no post sem dúvida ganhou um bom dinheiro!).

Lendo o artigo abaixo você contará com mais ferramentas  para transformar a crise brasileira em oportunidade:

Como investir seu dinheiro no governo Dilma

Espero que tenha gostado da leitura.

Grande abraço e até a próxima!

Agora eu quero saber a sua opinião. O que você acha desse assunto? Gostou do artigo? Tem dúvidas? Exponha suas ideias deixando um comentário abaixo.

Fique informado! Cadastre seu email no Você MAI$ Rico e receba novidades, artigos e dicas imperdíveis para alcançar a liberdade financeira (grátis)!

Obrigado.

  • Pingback: ()

  • Boa noite, Remo.

    O espaço dos comentários é destinado a tiragem de dúvidas. Por isso, prefiro que fique livre de propagandas de empresas.

    Grato pela pergunta.
    Grande abraço!

  • Remo Oliveira

    Caro autor, gostaria de saber se posso usar a página de comentários sobre seus artigos para publicar matérias relacionadas com minha área de conhecimento e minha empresa.

  • Olá, Kleyton.

    Obrigado pelo elogio. Espero que esteja aprendendo muito com todo o conteúdo que já foi publicado.
    Te aconselho a se cadastrar no site para receber avisos sempre que publicarmos um novo artigo (é de graça!).

    Grande abraço e continue acompanhando o Você MAI$ Rico.

  • kleytonguilherme2007 .

    estou muito agradecido em ler seus textos e adquirir muito conhecimento. [email protected]

  • Oi, Heloisa!

    Muito obrigado pelo elogio, fico realmente feliz que tenha gostado do artigo!
    To devendo uma visita para vocês… precisamos marcar.
    Um beijo e manda um abraço pro cabeça!

  • Heloisa de Almeida

    Mais um ótimo texto, com informações relevantes! Parabéns Bruno!