Qual o custo (real) para se ter um carro

Tempo de leitura: 6 minutos

Você tem ideia de qual é o custo real de um carro?

Se você presta atenção apenas ao valor da entrada e se as prestações vão caber no seu bolso, ficará surpreso com a quantia real que desembolsamos para ter nosso amado automóvel.

Neste artigo, busquei contabilizar todos os gastos que temos anualmente com nossos carros.

Se você nunca parou para fazer as contas, o resultado poderá te surpreender.

Vamos aos números!

#1 Compra do carro

comprando o carro

Uma curiosidade do mundo dos carros é que, diferentemente do que acontece no comércio em geral, não obtemos desconto quando pretendemos comprar um carro zero à vista.

Isso acontece porque as financeiras pagam o valor do carro de uma vez a concessionária, mesmo quando financiamos. Com isso, é mais interessante para quem vende não conceder descontos, já que é possível receber o valor do carro à vista em qualquer situação de venda.

Já para as financeiras o que interessa é o lucro vindo da cobrança dos juros nos financiamentos feitos para compra do carro.

Como exemplo, vou usar um GOL, carro popular da marca Volkswagen muito vendido no país, no valor de R$ 34.990.

Embora quase ninguém compre carro à vista, eu farei diferente neste artigo. Como o objetivo é apresentar o custo anual, vou usar como exemplo a compra à vista.

Caso a compra fosse feita à prazo, teríamos que contabilizar o dinheiro pago nos juros do financiamento, IOF e outras taxas, o que tornaria os valores mais altos.

#2 Seguro

seguro de carro

 A despesa com seguro varia muito de caso para caso. As projeções de preços são calculadas com base em dados estatísticos.

Entre as informações analisadas estão marca e modelo do carro (carros muito visados têm seguros mais altos, assim como marcas com peças de reposição mais caras), sexo do condutor principal (mulheres têm seguros mais baratos), idade (menores de 25 anos pagam preços mais altos), cidade e bairro onde o automóvel irá transitar (cidades grandes costumam ter seguros de carro mais caros) e vários outros dados.

Para o modelo Gol, na cidade do Rio de Janeiro, com um condutor que tem 25 anos, o seguro ficaria no preço de R$ 4.630, com uma franquia (reduzida) no valor de R$ 1.206 (cotação passada pela seguradora Liberty Seguros pela internet). Como achei este valor muito alto, fui no meu banco (Itaú) e consegui o seguro com coberturas semelhantes por R$ 2.700.

Cabe ressaltar que o modelo escolhido para este artigo é muito visado por ladrões de carros, o que torna o seguro mais alto.

#3 IPVA

ipva

O IPVA (Imposto sobre propriedade de veículo automotor) é um imposto estadual. Por lei, a alíquota máxima de pagamento deste imposto é de até 4% do valor do carro.

No estado do Rio de Janeiro, bem como em São Paulo e Minas Gerais, a alíquota do IPVA é a máxima permitida, ou seja, 4%. Para o automóvel do nosso exemplo o IPVA seria de R$ 1399,60.

Os estados de IPVA mais baixo são Santa Catarina, Espírito Santo, Paraíba, Sergipe, Tocantins e Acre, todos com alíquota de 2%.

Um modo de pagar IPVA mais barato no estado do Rio de Janeiro é adaptar seu carro para uso do gás natural veicular (GNV). Para carros que usam GNV o IPVA tem desconto de 75%.

#4 Combustível

abastecendo o carro

Supondo que eu dirija 20.000 Km por ano (dados médios de uso de um veículo no Brasil), e que meu carro tenha um consumo médio 1 litro de gasolina a cada 10 km. No total vou ter consumido 2.000 litros de gasolina.

O litro de gasolina no Rio de Janeiro custa por volta de R$2,90. Multiplicando este valor por 2.000 obtemos o gasto anual com combustível no valor de R$ 5.800,00.

#5 Estacionamento

Estacionamento

Os gastos com estacionamento são extremamente variáveis. Há pessoas que trabalham em grandes centros e gastam muito, e também existem pessoas que não gastam quase nada.

Vou adotar o valor arbitrário de R$ 500 por ano. Lembrando que estes gastos englobam estacionar na rua em dias normais, estacionamentos particulares, idas ao shopping e aquele flanelinha em dia de jogo (melhor pagar do que ter o carro arranhado).

#6 Manutenção

manutenção

Fazendo as revisões previstas pelo fabricante a cada 10.000 Km na concessionária gastaríamos anualmente o valor de R$ 392 em duas revisões.

Seria possível gastar menos pagando ao mecânico. Mas como o carro do exemplo tem garantia, é melhor pagar um pouco mais na revisão, para poder economizar caso haja algum problema futuro.

#7 Depreciação

Depreciação

A média de desvalorização de um carro, após um ano de uso, se encontra na casa dos 16% de seu valor de mercado.

Para o automóvel de nosso artigo o valor tende a ser mais baixo. Através de pesquisas feitas pela internet encontrei o valor de 12% para o Gol.

Transformando em dinheiro (34.990 x 0,12), nosso Gol teria perdido R$ 4198,80 em seu valor.

Resultado

Primeiro vamos recapitular os 7 fatores apresentados com seus respectivos custos anuais:

#1 Compra do Carro (R$ 34.990)

#2 Seguro (R$ 2.700)

#3 IPVA (R$ 1.399,60)

#4 Combustível (R$ 5.800)

#5 Estacionamento (R$ 500),

#6 Manutenção (R$ 392)

#7 Depreciação (R$ 4.198,80)

Somando os custos apresentados, temos como resultado a quantia final de R$ 49.980,40.

Com base neste resultado, volto a afirmar: Ter um carro é um luxo!

Vale lembrar que o modelo escolhido como exemplo é um automóvel popular. Para um carro mais caro, é natural que o valor gasto também seja mais alto.

Custo de oportunidade

custo oportunidade

Este item representa o quanto de dinheiro você deixou de ganhar ao gastar seu capital na compra e manutenção do carro.

Inseri o custo de oportunidade neste artigo para lembrá-lo de que ele existe e deve ser considerado em tudo que você fizer com seu capital.

Para o caso do Gol, o total anual gasto foi de R$49.980,40.

Supondo que este dinheiro fosse investido a juros de 10% ao ano. O retorno obtido seria de R$ 4.998,04.

Para saber mais sobre onde investir, leia este artigo:

Onde investir seu dinheiro com segurança e rentabilidade (Garantida!)

Logo, além de gastar R$ 49.980,40, você deixou de ganhar R$ 4.998,04.

Conclusão

Se você pretende comprar seu primeiro carro, ou trocar o seu atual por um modelo mais novo, espero que comece a levar os itens listados em consideração.

Este artigo não foi escrito para desaconselhar à compra de um carro, mas sim para alertá-lo dos custos envolvidos.

Quero que você pense bem antes de decidir gastar um percentual maior da sua renda em um modelo mais caro ou trocar seu carro com 2 anos de uso por um mais atual.

Para os que acharam o resultado final alto, ainda tenho más notícias.

O IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) ficará mais caro, aumentando o preço dos automóveis. Com carros custando mais, o IPVA e seguro também aumentam de preço.

Além disto, o preço da gasolina, que era mantido artificialmente congelado pela Petrobras, também irá aumentar (a Petrobras acumulou prejuízos milionários nos últimos anos para manter a gasolina “barata” em nosso país).

Espero que este artigo tenha sido útil.

Obrigado.

O que você acha? Gostou do artigo?  Exponha sua opinião deixando um comentário abaixo.

Fique informado! Cadastre seu email no Você MAI$ Rico e receba novidades, artigos e dicas imperdíveis para alcançar a liberdade financeira (grátis)!

  • Boa tarde, Ze.

    Cara… que site legal.
    Muito instrutivo!
    Obrigado pela indicação.

    Abraço!

  • Ze Netto

    dá pra calcular por aqui também: http://carromonstro.com.br/

  • Grato pela sugestão, Aónio.

    Abraço e continue acompanhando o Você MAIS Rico!

  • Aónio Eliphis

    E veja ainda quanto na realidade custa um carro ao brasileiro comum em http://autocosts.info/BR Faça você mesmo as suas contas que essa calculadora até dá o esforço financeiro em função dos rendimentos.

  • Pingback: ()

  • Obrigado, Gil!

    Multas de trânsito são muito variáveis. Conheço pessoa que nunca levaram uma e outras que gastaram mais de R$ 2000 em um único ano.

    Com certeza devem ser incluídas no cálculo.

    Grande abraço e continue acompanhando o Você MAI$ Rico!

  • Gil

    Muito bom o artigo. Parabéns!

    Só esqueceu de contabilizar as multas. Dá pelos menos uns 200 reais a mais por ano ( no meu caso, rs).

  • Muito obrigado, Caio.

    Fico feliz em ter facilitado seu trabalho, a função do Você MAI$ Rico é justamente essa.
    Continue acompanhando nossas publicações!

    Abraço.

  • Caio F

    Parabéns pelo artigo Bruno!
    Nunca tinha feito essas contas, mas sabia que era uma quantia considerável.
    Vc facilitou meu trabalho, rs.
    Abraço.