7 hábitos dos empreendedores de sucesso e porque a dança da chuva sempre deu certo

Tempo de leitura: 9 minutos

O brasileiro é um dos povos mais empreendedores do mundo. Segundo pesquisa realizada por uma agência europeia, o Brasil ficou em segundo lugar na lista dos países com tendência para empreender, perdendo apenas para a Turquia.

Em torno de 63% dos brasileiros entrevistados afirmaram preferir abrir seu próprio negócio a trabalhar para os outros.

Embora o nível de interesse de nossa população seja alto, os empreendedores de sucesso são minoria, visto que 80% das empresas fecham antes de completar cinco anos de vida.

Para que isso não aconteça com você quando for abrir seu negócio, a estratégia mais inteligente é aprender com quem fez da maneira certa.

Veja abaixo os 7 hábitos dos empreendedores de sucesso, e ainda obtenha um bônus: Descubra porque a dança da chuva sempre deu certo (eu sei que aparentemente esse bônus não tem nada ver com o conteúdo do artigo, mas no final tudo vai fazer sentido, pode confiar!).

#1. Tenha iniciativa

iniciativa

Peque por ação, não por omissão.” Comandante Rolim (empresário brasileiro)

Empreendedores têm como característica o espírito proativo. Afinal, sendo dono do próprio negócio você não pode esperar ordens para agir.

Pense nas pessoas que você conhece que já pensaram em abrir um negócio. Agora contabilize quantas realmente levaram suas ideias à frente.

Sem iniciativa as melhores ideias continuaram apenas no mudo dos sonhos.

#2. Objetivos em mente

 objetivos

Para quem não sabe para qual porto ir, não há ventos propícios.” Sêneca (filósofo romano)

Para ter sucesso em qualquer negócio é necessário ter metas e objetivos. Sem objetivos bem definidos, somente por acaso o empreendedor poderá chegar há algum lugar.

 É necessário ter planejamento, controlar dados e estabelecer objetivos de curto, médio e longo prazo. Para atingir os resultados o empreendedor deve focar em 3 passos básicos:

– estabelecer objetivos;

– calcular os recursos necessários para alcança-los (número de empregados, colaboradores, parceiros, recursos financeiros etc) e

– trabalhara para chegar até onde deseja.

As pessoas geralmente costumam falhar no último destes 3 passos. Elas estabelecem seus objetivos, descobrem o quanto “custam” suas aspirações, entretanto, não estão realmente dispostas a pagar o preço necessário para conquistar o que querem.

#3. Prioridade é tudo

 prioridade

Os raios de sol não queimam enquanto não estão focados.” Alexander Graham Bell (inventor americano)

Por mais dedicado que o empreendedor seja, ele não conseguirá fazer tudo ao mesmo tempo.

A habilidade de focar nas atividades mais importantes, mesmo que menos prazerosas, é vital para quem tem um negócio próprio e não conta com uma gama de funcionários para delegar tarefas.

Empreendedores de sucesso priorizam aquilo que é importante e não perdem tempo adiando atividades fundamentais para o sucesso da empresa.

Tenha foco no seu negócio e nas atividades mais importantes.

#4. Mantenha-se atualizado, nunca pare de aprender

 aprendendo

Tudo que sei é que nada sei.” Sócrates (filósofo grego)

No mundo de hoje, ficar a par de toda mudança que ocorre é algo impossível, tendo em vista a grande quantidade de inovações que vem a público todos os dias.

Novamente o empreendedor deve ser capaz de priorizar o que é importante para sua empresa. Estar por dentro das novas tendências é vital para quem deseja ter um negócio de sucesso (basta observar a inclusão das empresas nas mídias sociais).

Continuar se especializando e aprendendo são preocupações dos empreendedores bem sucedidos.

Tenha em mente que por mais que você estude, sempre haverá algo novo a aprender.

#5. Trabalhe com o que você gosta (desde que dê dinheiro)

 trabalhar com o que ama

Escolha um trabalho que você ame e não terá que trabalhar um único dia em sua vida.” Confúcio (filósofo chinês)

Ganhar dinheiro com algo que realmente gostamos é muito bom. No caso de quem abre o próprio negócio, é uma característica desejável, já que grande parte do seu dia girará em torno da atividade para a qual você projetou sua empresa.

Veja meu exemplo pessoal. Quando criei o Você MAI$ Rico, escolhi o nicho financeiro por ser um assunto do qual sempre gostei. Diariamente dedico algumas horas ao site e nunca senti desmotivação ou falta de interesse, por se tratar de uma atividade que me dá prazer.

Lógico que nem tudo são flores, não ache que eu acordo esclamando “Meu Deus como eu adoro resolver problemas de linguaguem HTML no meu blog!”. Porém, considero esse entrave como um pequeno preço a se pagar para ter um negócio próprio, tendo a liberdade de trabalhar onde e quando quero.

No entanto, observe que eu escolhi a palavra “desejável” quando me referi a fazer o que gostamos, uma vez que nem sempre podemos ganhar dinheiro com esse tipo de atividade.

Antes de abrir seu negócio, certifique-se de que existe mercado para que você possa ganhar dinheiro com o que te dá prazer. Caso não encontre alternativas rentáveis, mantenha as atividades prazerosas como hobby e foque no que o mercado quer.

Quando Jorge Paulo Lemann decidiu comprar a cervejaria Brahma, você acha que ele teve qual dos dois pensamentos abaixo?

“Sim! Cerveja, eu adoro cerveja. Tantos tipos, cores e sabores. Eu sempre quis ter minha cervejaria.”

 ou

“O homem mais rico da argentina é dono de uma cervejaria, o mesmo ocorre na Venezuela e em vários outros países. No Brasil ainda temos muito espaço para crescer. Acredito que com uma gestão centrada, que tenha objetivos e metas para todos, essa empresa poderá atingir um outro patamar de competitividade.”

 Eu acredito que a segunda opção é a mais realista.

#6. Ser sociável e criar uma rede de contatos

 ser social

O Talento vence jogos, mas é a equipe que ganha o campeonato.” Michael Jordan (jogador de basquete americano)

Relacionamento é a palavra chave nos negócios. Ter uma rede de contatos que partilham de seus interesses e objetivos é um dos grandes ativos de qualquer empreendedor.

Faça boas parcerias, troque experiências e ideias. Como já disse na introdução deste artigo, a melhor maneira de aprender algo é pegar os ensinamentos com que já fez da maneira certa.

#7. Obsessão por fazer melhor

 tornar-se melhor

Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, assim, não é um ato, mas um hábito.” Aristóteles (filósofo grego)

Nunca fique satisfeito, queira sempre melhorar seu produto, seus processos, suas interações com seu público alvo, suas parcerias. Acomodar-se por achar que tudo está perfeito é o primeiro passo para ficar para trás.

A Apple, empresa de maior valor de mercado do mundo, chegou até a liderança absoluta de mercado graças à obsessão por fazer melhor, traço marcante da personalidade de Steve Jobs.

Mesmo depois de lançar um produto revolucionário e praticamente criar um novo mercado, a Apple não parou de investir em pesquisa e inovação. Já é algo que faz parte da cultura da empresa.

Adote esse tipo de prática na sua empresa também.

Bônus: Porque a dança da chuva sempre deu certo?

 dança da chuva

A dança da chuva era uma dança ritualística praticada pelos índios que habitavam a América do Norte. Segundo a crença, a dança tinha o poder mágico de fazer chover e funcionava 100% das vezes em que era empregada.

100% de sucesso… Sabe por que eles conseguiam esse resultado tão surpreendente?

Porque os índios dançavam até chover, não importa se isso levasse 1 dia ou 6 meses, a dança continuava até atingir seu objetivo, a chuva.

Por que diabos eu estou colocando isso no artigo?

Agora é o momento em que prometi que tudo faria sentido.

Observe como os índios da história não desistiam e dançavam até conseguir o que queriam, não importa quanto tempo demorasse. Eles seguiam com seu ritual até que chovesse.

Traga esse exemplo para o mundo dos negócios, e temos o empreendedor de sucesso que trabalha até que seu negócio dê certo, não importa quanto tempo isso demore.

Muitas das falhas da vida acontecem quando as pessoas não percebem o quão perto estão quando desistem.” Thomas Edison (inventor e empresário americano)

O principal ensinamento que podemos tirar dessa história é nunca desistir.

Entre os milionários temos diversas histórias de falhas, cito os nomes abaixo como exemplo:

 – Robert Kyosaki já faliu uma vez e teve de morar na casa de amigos, hoje é milionário;

Donald Trump já declarou falência em 4 negócios diferentes e acumulou dívidas de US$ 900.000.000,  hoje ele é bilionário;

Jorge Paulo Lemann faliu seu primeiro negócio, hoje é o homem mais rico do Brasil.

A persistência é uma das características mais importantes para um empresário. Ao se aventurar no mundo do empreendedorismo esteja preparado para falhar e recomeçar, mas nunca para desistir.

Conclusão

Para que você possa relembrar quais são os 7 hábitos dos empreendedores de sucesso, listei todos aqui abaixo (incluindo a dança da chuva):

 #1. Tenha iniciativa

#2. Objetivos em mente

#3. Prioridade é tudo

#4. Mantenha-se atualizado, nunca pare de aprender

#5. Trabalhe com o que você gosta (desde que dê dinheiro)

#6. Ser sociável e criar uma rede de contatos

#7. Obsessão por fazer melhor

Bônus. Não desista, “dance até chover”

Se você já tem todas essas características, parabéns!

Caso não tenha, não se desespere. Hábitos podem ser desenvolvidos, basta apenas querer. Uns terão mais facilidade, outras nem tanto.

Criar uma empresa de sucesso não é fácil, mas as recompensas são extremamente compensatórias.

Espero que tenham gostado do artigo.

Gostou do artigo? Exponha sua opinião deixando um comentário abaixo.

Fique informado! Cadastre seu email no Você MAI$ Rico e receba novidades, artigos e dicas imperdíveis para alcançar a liberdade financeira (grátis)!

 Obrigado.

  • Pingback: ()

  • Pingback: ()

  • Obrigado Leal!

    Seu feedback é muito importante.
    Abração!

  • Fernando Leal Cardoso

    Ótimo texto! Vou usar a história da dança da chuva nas minhas apresentações.
    Parabéns!

  • Obrigado, Carlos!

    É muito bom ter o retorno positivo dos leitores.
    Fique tranquilo que continuarei postando artigos de qualidade.
    Continue acompanhando o Você MAI$ Rico.

    Abraço.

  • carlos

    Bom demais, Bruno!

    Genial o negócio da dança da chuva!
    Estou muito satisfeito com seu blog, acesso desde o começo.
    Continue o bom trabalho!
    Abraço.

  • Obrigado pelo comentário, Cassio.

    Para entrar em contato basta enviar um email na página de contato do site http://vocemaisrico.com/contato/

    ou vc pode me adicionar no facebook, procure por Bruno Perini. A foto é a mesma que uso aqui no Você MAI$ Rico.

    Espero poder ajudar!
    Abraço.

  • Olá, Jessica.
    Fico feliz que tenha gostado do artigo (eu deveria patentear essa metáfora da dança da chuva! rs).
    Obrigado pelo elogio e continue acompanhando o Você MAI$ Rico.
    Forte abraço.

  • Cassio Lamego

    ótimo artigo….muito bom mesmo, bem interessante, mas percebo que ainda estou muito “crú”, porém com muita vontade de aprender mais sobre empreendedorismo ja que não tenho o perfil para ser funcionário publico…ate já deu uma pesquisada no site da ABF, mas considerei um pouco superficial….tenho umas ideias em mente de desenvolver um tipo de negócio ainda novo aqui na minha região, será que existe algum e-mail em particular para que possamos conversar um pouco mais e até mesmo eu ter um melhor esclarecimento sobre que caminho seguir…

    att.

  • Jessica Pastura

    Adorei o artigo! Ainda mais porque foi escrito de forma leve e criativa! Essa metáfora da dança da chuva certamente vai me acompanhar pela vida toda! Obrigada!