7 dicas para economizar no mercado

Tempo de leitura: 3 minutos

Um mercado está recheado de armadilhas para fazer você e sua família gastarem mais.

Não é por acaso que o Walmart, maior rede varejista do mundo, esta entre as 20 empresas com maior valor de mercado.

Para evitar os gastos excessivos listamos algumas medidas simples para escapar das artimanhas destas empresas:

1º) Não vá ao mercado com fome

Nunca vá ao mercado com fome, isso não é ruim apenas para o seu bolso, mas também para seu corpo.

Quando vamos ao mercado com fome temos o impulso primordial de comprar a primeira guloseima que vemos pela frente, e às vezes várias delas.

Vá ao mercado após ter se alimentado bem. Sua carteira e silhueta agradecem!

2º) Não leve crianças pequenas ao mercado

Quem nunca viu essa cena?

Uma criança pequena passa pela seção de biscoitos, balas e chocolates (estrategicamente colocada no início do mercado e com algumas gôndolas próximas ao caixa) e pede um pacote. Como não está na lista de compras, a mãe nega.

Então a criança começa a chorar e gritar implorando, como se aquele fosse o último biscoito de chocolate do mundo, e a mãe, para evitar a situação constrangedora, resolve comprar o biscoito.

Portanto, nada de crianças no mercado.

3º) Faça uma lista de compras, e siga a lista!

Planeje suas compras antes de sair de casa, saiba quais produtos você deve levar e em que quantidade. Além de poupar dinheiro você também vai poupar tempo.

Fique Atualizado!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente nossas novas publicações!

4º) Fique atento as promoções

Uma boa ajuda na hora de fazer economia nas compras é aproveitar as promoções oferecidas pelo supermercado.

Alguns têm dias na semana com descontos especiais para certos itens, ou produtos em promoção que acabam saindo bem mais baratos na comparação com seus concorrentes. No entanto, fique atento com a data de validade.

Normalmente as redes varejistas colocam em promoção produtos que estejam próximos do vencimento. No caso de itens não perecíveis, aproveite e faça um pequeno estoque.

5º) Prefira as embalagens maiores e evite as edições especiais

Normalmente as embalagens maiores apresentam o melhor custo benefício, você leva mais do produto desejado pagando proporcionalmente menos.

É comum ver marcas de alimentos lançarem embalagens diferentes para datas como páscoa ou natal, o problema é que muitas vezes essas edições especiais custam mais caro, por conta do exterior bonito, e oferecem menos produto.

6º) Produtos na altura dos olhos

As grandes marcas pagam aos supermercados para que seus produtos sejam colocados nas prateleiras que mais olhamos e de onde é mais fácil pegar, aquelas que ficam na faixa de altura que vai do peito aos olhos.

As marcas de menor preço costumam ficar nas prateleiras mais baixas. Portanto, pode valer a pena checar os preços e se abaixar para pegar os itens dispostos na parte de baixo.

7º) Confira se os preços anunciados nas prateleiras são os mesmo no caixa

Muitas vezes damos preferência a um item por ser um pouco mais barato que seu concorrente, mesmo o último tendo melhor qualidade.

Entretanto, ao chegar ao caixa, o preço cobrado fica maior, o que acaba com sua economia e torna a escolha inadequada.

Quando se deparar com essa situação reclame, segundo o artigo 30 do código de defesa do consumidor, é obrigação do mercado cobrar o preço mais baixo anunciado.

Para saber mais sobre como economizar recomendo a leitura dos seguintes artigos:

15 dicas sobre economia doméstica e

9 dicas para economizar dinheiro.

Se você tem sugestões ou dicas de como economizar mais, deixe seu comentário abaixo.

Espero ter ajudado!

Obrigado e continue acompanhando o Você MAI$ Rico.